Quinta-feira, 16 de Março de 2006

REX



Eu sei que criámos este blog para divulgar e ajudar todos os animais abandonados e talvez não seja o espaço adequado aos meus desabafos, mas não podia deixar de prestar uma última homenagem ao meu grande amigo rex.
O rex apareceu na minha escola à 7 anos atrás e decidiu adoptar-me para dona. Quando eu chegava à escola já ele estava à minha espera, depois deitava-se ao pé da minha secretária e só saía de lá quando eu vinha ao intervalo. À hora de almoço ia comigo até ao café e ali ficava à minha espera e regressava comigo. De tantas pessoas escolheu-me a mim. Todos os dias a mesma rotina, a mesma dedicação. Entrava para o meu carro e queria vir comigo.
Entretanto fui investigar se o rex tinha dono ou não. Descobri que afinal até tinha dono. Assim não o podia trazer! Mas ele continuava sempre a seguir-me e chegou a saltar para cima do meu carro riscando-mo todo porque queria vir comigo.
Passaram-se algumas semanas e todos os dias acontecia o mesmo, o dono prendia-o, mas ele soltava-se e vinha ter comigo à escola. Para que ele não fosse atropelado enquanto corria atrás do meu carro; porque queria vir comigo; passei a ir pô-lo todos os dias ao café de uma familiar do dono. Onde o seguravam até eu me afastar de forma que ele não visse o carro. Mas no outro dia lá estava ele na escola, logo de manhã à minha espera.
Mas depois fiquei a saber que o cão andava ali semi-abandonado porque o dono tinha-se separado da esposa e tinha vindo viver para aquela localidade e tinha outras coisas com que se preocupar.
Os moradores chegaram a maltratá-lo, mas quando ficaram a saber que era meu protegido mudaram logo de atitude.
Eu já não aguentava mais esta situação até parecia que eu o estava a abandonar. Durante as férias da Páscoa fui todos os dias à escola porque sabia que ele estava lá à minha espera.
Depois de ter falado várias vezes com o dono. Um dia ele foi à escola e pediu-me para ficar com o cão porque ia emigrar. Nunca emigrou, mas foi a maneira de me dar o rex.
Trouxe-o para casa e penso que lhe proporcionei os melhores anos da sua vida.
Teve muito carinho e todos os cuidados possíveis.
Apesar de ter mais de 20 cães abandonados, o rex era o mais especial de todos.
Mas quando trouxe o rex e o levei logo à vet. fiquei a saber que tinha uma infecção no focinho. Fez todas as análises e tratamentos possíveis, mas com o passar dos anos a doença foi evoluindo. No fim de semana passado começaram a desparecer os ossos do interior do focinho e ele começou a sofrer.
Na terça-feira o meu grande amigo rex teve de ser eutanasiado.
Foi um dos dias mais difíceis da minha vida. Perdi um grande companheiro e amigo de todos os momentos, mas sei, que agora já não está a sofrer.
Nunca esquecerei este meu grande amigo, mas apesar da minha dor, resta-me o consôlo de lhe ter proporcionado a melhor existência que é possível dar a um amigo tão especial.
publicado por Rede Leonardo às 09:12

link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Henrique a 11 de Outubro de 2007 às 19:04
Fizeste-me chorar!
Esta semana perdi o meu amigo Lucky, um cocker spaniel com 12 anos.
Há quem não consiga perceber os que sofrem por perder um cão...
Não, ele não foi só um cão!
Foi um amigo, nunca será esquecido, jamais será substituido.
...sinto a falta dele.
De Carina a 5 de Dezembro de 2006 às 23:06
é primeira vez que venho a este blog..e vim parar aqui porque estou a fazer um trabalho sobre animais abandonados..e assim ke li o primeiro post e vi a primeira foto, comecei logo a chorar, e agora vi este post e tive mesmo a necessidade de lhe dizer algo..tenho uma cadela que já tem 14 anos e já teve um problema nos dentes,absesso e teve muito e teve de tirar vários dentes...asssim que o veterináio me disse que ela tinha lá ficar comecei a chorar.porque até então eu acho que nunca tinha percebido o quanto ela é importante para mim.toda a familia gosta dela, mas eu sou a mais chegada, porque sou sempre eu que vou a rua com ela...ela dorme no meu quarto, mesmo tendo uma cama muito fofa no corredor(vivo num apartamento), e digamos que a assumi como se fosse uma filha minha, pois ter um animal de estimação é como ter um filho, há ke cuidar dar carinho...dá imensas preocupaxoes como os filhos..:)e desde que ela teve este problema eu lavolhe os dentes quase dia sim dia não, mando sms a minha mae para ela nao se exkecer de dar os dentasticks pos dentes dela..quando ela teve de ir para o hospital para tirar os dentes, o meu pai foi lá levala mas eu mesmo assim kis ir e levanteime ás 5 da manha para tal lá as 5:30/6:00..telefonei para cima de 20 vezes..e ela só lá ficou 24 horas..ela nunca foi mal tratada,e semre foi de ferias com a gente para a praia e tudo..mas como com os humanos as vezes a gente precisa de um abalo para dar o devido valor e nao simplesmente nos habituarmos á presenxa, com ela foi a mesma coisa..sempre ke agora vou a rua com ela..as pessoas com frekencia comentam.."mas ela ja é velhinha.."e eu digo ke ela tem 14 anos...entao as pessoas dizem.."ah entao tem de se ir preparando"e eu fiko destrossada..e digo ke prefiro nao pensar nisso...ela nao deixa lavar os dentes de tao boa vontade ao resto da familia como a mim, procura sempre os lugares com o meu cheiro, e faz algo que nao faz a mais niguem ca em casa, vem se esfregar nas minhas pernas, deliciada de todo e a abanar o rabo, quer esteja suja de comer, ou limpa, ou seja o que for.os ouvidos dela nao estao magoados, disse o veterinario, mas a audição dela é praticamente nula a meu ver, e a visão tambem nao é muito bao já..eu acho que ela tem um olho ke vê menos..e se eu pudesse ia todos os meses com ela ao veterinario(hospital do restelo.super bem tratados lá)..mas nao é compartecipado pelo estado e super caro, uma consulta no dimingo, porque foi urgencia custou 50 euros e as normais 35..desepero sempre que penso que ela um dia me deixará, porque tenho vindo a perceber que é a unica amiga a 100%fiel e ke ta la sempre pa mim,e não consigo imaginar a minha vida sem ela, ela está com a gente já a 12 anos paí e as contas da casa são feitas como se ela fosse um humano como nós..decisoes sao tomadas em prol dela.e eu adoro-a do fundo do coraxaose puder vá me enviando informaxoes sobre os vossos bixinhos e assim..
De Sandy a 3 de Abril de 2006 às 23:00
Fico muito triste por aquilo que aconteceu. Já passei por isso e mesmo se algumas pessoas não percebem por que se chora por um cão, não tenho vergonha de o fazer. Eles são amigos fiéis, mais que certos seres humanos que dizem ser amigos. Enfim, o melhor é recordar os bons momentos que passaste com o Rex e pensar que ele foi realmente feliz. Beijokas
De Sofia Gonalves a 31 de Março de 2006 às 20:02
Parabens pelo Blog. Esta historia do Rex e muito bonita e comovente. Todos os animais, merecem ter uma vida feliz!!
De Blog dos Bichos a 21 de Março de 2006 às 23:35
Bia, tivemos a indicação de que a Nina já foi adoptada;) Obrigada pela disponibilidade

Jinhos***
De angel a 21 de Março de 2006 às 22:25
(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´) ? ? ? (`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)
F...aça da sua vida o bastante
E...scute o seu coração
L...eia os olhos de quem te ama
I...nspire seu coração
C...onte comigo
I...dealize seus sonhos
D...ê mais de você a você mesmo
A...me quem te ama
D...eixe de lado a tristeza
E...assim
S...erá feliz!*******tenha um maravilhosa Semana feliz dia do blogueiro.
(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´) ? ? ? (`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)

De puppydog a 20 de Março de 2006 às 18:22
Eu conheço a sensação, para além de perder o meu gato recentemente, à 2 anos perdi a minha cadela, Lacie, ela tinha 11 anos (eu tinha-a desde os meus 3 anos), foi muito dificil perder uma amiga que esteve sempre ao meu lado desde que me lembro...jokitas
De Catarina a 20 de Março de 2006 às 03:36
Ola Bia!! Vi o teu comentário no meu blog..a situação do Burrinho já está bem encaminhada ;)* he he he..tou muito contente..
Estive a ver o teu blog e está o MÁXIMOOO..ADOREIII..continua assim..eles merecem a nossa dedicação!! Muito obrigada
Já agora vou te linkar..;)
Beijinhos
De Formiguinha a 20 de Março de 2006 às 00:44
Perante essa tristeza e esse sofrimento que comentar? um beijinho e um xi-coração
De Mocho a 19 de Março de 2006 às 23:10
Minha querida Bia, percebo a dor que deves estar a sentir. É mais sentida do que percebida, eu sei, mas ainda assim, ao ler o teu texto, lembrei-me das minhas 2 princesinhas e apertei o coração com a ideia da perda. Fazem parte de nós e completam-nos. Quando nos deixam, levam boa parte do n/ sentimento, da n/ dedicação, do n/ empenho e amor. Por isso, penso que partem sossegados e quem sabe, felizes e tranquilos. Apesar de chorar um dia pelas minhas dog`s, não consigo deixar de pensar em todos os animais que morrem sem direito a uma festa, a uma lágrima, a um beijo. Bicadinha grande para ti e lamento a tua perda.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Gift e Mex

. eu sou o Nix

.

URGENTE!!! CANIL ...

.

ADOPÇÃO URGENTE!!...

. Nós necessitamos de um do...

. gatinhos para adopção

.

ADOPÇÃO URGENTE!!...

.

ADOPÇÃO MUITO UR...

.

ADOPÇÃO URGENTE!<...

. FAÇA AQUI AS SUAS COMPRAS...

.arquivos

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds